GT-Acervo: Apresentação Geral Sobre o Acervo

 

O projeto Acervo Memória e Direitos Humanos tem como propósito armazenar e disponibilizar de forma digital a documentação e os depoimentos recolhidos pela Comissão Memória e Verdade da UFSC (CMV-UFSC), criada pelo Conselho Universitário em 16 de dezembro de 2014 ( Resolução Normativa nº 48/Cun/2014) e que apresentou seu relatório final ao mesmo conselho em 25 de setembro de 2018, sendo aprovado por unanimidade.

A este material, vem se somar a documentação do Memorial dos Direitos Humanos (MDH) que foi constituído a partir de março de 2005, no contexto do Laboratório LASTRO do Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFH) da UFSC. Novos fundos pessoais e de entidades sobre violação de Direitos Humanos no período da ditadura civil-militar de 1964 vem sendo gradativamente incluídos no Acervo.

O Acervo Memória e  Direitos Humanos da UFSC tem ainda como objetivo, num segundo tempo, a construção de uma Memória sobre Direitos Humanos no Brasil e em Santa Catarina em particular, conservando e tornando público, documentos históricos que tratam de violações destes, em particular aquelas ocorridas durante períodos históricos ditatoriais do século XX ou relacionados a populações tais como indígenas e negras.

O Acervo Memória e  Direitos Humanos é uma das atividades principais do Instituto Memória e Direitos Humanos (IMDH) da Universidade Federal de Santa Catarina.

Acessar Acervo Memória e Direitos Humanos


 

Compartilhe