Datas: quarta 25 e quinta 26 de setembro de 2019

Local: Auditório da Reitoria e Hall da Reitoria para exposição (UFSC)

Tema: Violências de Estado no Passado e no Presente

Promovido pelo Instituto Memória e Direitos Humanos (IMDH) da UFSC

Certificado de participação

Programação do evento

Dia 1 (Quarta/25)

8h00 – 12h00: Sessões de Apresentação de Trabalhos

– Sessão 1 de apresentação de trabalhos: Justiça de Transição e Anistia

– Sessão 2 de apresentação de trabalhos: Reconstruindo a Memória

– Sessão 3 de apresentação de trabalhos: Reconstruindo a Memória através dos museus e da literatura

– Sessão 4 de apresentação de trabalhos: Mulheres e Crianças durante a ditadura civil-militar de 1964

 14h00 – 17h00: Mesa Redonda (1 coordenador e 4 participantes) – VÍDEO

Tema: Violência de Estado no período da ditadura civil-militar de 1964

Coordenador da Mesa: Prudente José Silveira Mello (professor do Cesusc e ex-conselheiro da Comissão de Anistia)

Tópicos abordados (4):

1) A repressão politica e as violências durante a ditadura (conceituação geral), Mariana Rangel Joffily (professora UDESC);

2) Violência de gênero, Luisa Dornelles Briggmann (pesquisadora LEGH – UFSC);

3) Violência contra os indígenos, Luisa Tombini Wittmann (professora UDESC).

4) Violência no campo, Paulo Pinheiro Machado (professor UFSC).

 19h00 – 22h00: Palestra Justiça de Transição incompleta e debilidade da democracia, Marlon Alberto Weichert (procurador federal dos Direitos do Cidadão Adjunto – MPF)VÍDEO

 

Dia 2 (Quinta/26)

8h00 – 12h30: Sessões de Apresentação de Trabalhos

– Sessão 5 de apresentação de trabalhos: Violência de estado contra índios e camponeses durante a ditadura

– Sessão 6 de apresentação de trabalhos: Terra, trabalho e direitos humanos

– Sessão 7 de apresentação de trabalhos: Violência de estado contra os negros

– Sessão 8 de apresentação de trabalhos: Violência de Gênero ontem e hoje

– Sessão 9 de apresentação de trabalhos: O Judiciário e o encarceramento confrontados aos direitos humanos

 14h00 – 17h00: Mesa Redonda (1 coordenador e 4 participantes) – VÍDEO

Tema: Violência de Estado pós Constituinte: ocorrências do cotidiano

Coordenadora da Mesa: Luana Renostro Heinen (professora CCJ-UFSC)

Tópicos abordados (4):

1) violência de gênero, Miriam Grossi (professora UFSC);2) violência contra os índios, Kerexu Yxapyry (cacique do Morro dos Cavalos);

3) violência contra os negros, Vanda de Oliveira Gomes Pinedo (MNU);

4) violência e perseguição política, Fernando Ponte (professor UFSC).

 18h00 – 19h00: Lançamento do Instituto Memória e Direitos Humanos, do novo Acervo Digital e da Exposição Virtual VÍDEO

 19h00 – 22h00: Palestra Direitos Humanos e Democracia no Brasil (de hoje), Edson Teles (professor Unifesp)VÍDEO

 

Sessões de Apresentação de Trabalhos

Dia 1 (25/09 quarta-feira)

 

Sessão 1 (10h00 – 12h00): Justiça de Transição e Anistia – Sala Goiabeira (Centro de Cultura e Eventos da UFSC)

Coordenadora da sessão:

Juliana Lyra Viggiano Barroso (Professora de Relações Internacionais CSE-UFSC)

  • A Ditadura civil-militar e as Comissões da Verdade: as práticas de esquecimento impulsionadas pela lei da anistia –Amanda de Oliveira Gabinio, Diogo Maciel Dias, Isabela Popenke Paes (Graduando.as do curso de Ciências Sociais da UFSC), Artigo

  • O Mundo condena aos impunes: o Decreto-Lei de Anistia N° 2.191 e os movimentos internacionais contra a impunidade durante a ditadura cívico-militar no Chile – Henrique Martins da Silveira (Estudante do curso de graduação em Relações Internacionais – UFSC). Artigo

  • O movimento político por memória e verdade em santa catarina: a experiência do Coletivo Catarinense MVJ  Juliana de Jesus Grigoli (Doutora em Sociologia Política pela UFSC, Pesquisadora do LASTRO-UFSC e do MDH-UFSC). Artigo

  • Os “pingos nos is”: é possível pensar em justiça de transição no Brasil?  Marina Figueiredo (Mestre em Sociologia pela UNIFESP, Pesquisadora do Centro de Antropologia e Arqueologia Forense da Universidade Federal de São Paulo CAAF – UNIFESP). Artigo

 

Sessão 2 (8h00 – 10h00): Reconstruindo a Memória – Auditório da Reitoria da UFSC

Coordenador da sessão:

Rodrigo Sartoti (Advogado e Doutorando CCJ-UFSC)

  • A memória militar sobre a Novembrada – 40 anos depois: outras narrativas?  Ademir Valdir dos Santos (Professor de Pós-Graduação em Educação da UFSC), Luiz Felipe Souza Barros de Paiva (Mestrando de Pós-Graduação em Educação da UFSC). Artigo

  • Reportagem como documento histórico: o papel do jornalismo na reconstrução da memória e promoção dos Direitos HumanosMagali Moser (Doutoranda do PPGJOR/UFSC, Mestra pelo mesmo programa e especialista em Estudos Literários (FURB)). Artigo

  • Restos e cicatrizes: narrativas de mulheres do morro da queimada –Larissa Franco Severino (Universidade Federal de Uberlândia), Andréa Vieira Zanella (UFSC), Neiva de Assis (Professora UFSC). Artigo

  • Clínicas do Testemunho: reparação psíquica, ética e memória  Marilena Deschamps Silveira (psicóloga, psicanalista, coordenadora técnica do projeto Clínicas do Testemunho/Núcleo SC no período de 2013 a 2017). Artigo

Sessão 3 (9h30 – 12h00): Reconstruindo a Memória através dos museus e da literatura – Sala Laranjeira (Centro de Cultura e Eventos da UFSC)

Coordenadora da sessão:

Thainá Castro Costa Figueiredo Lopes (Professora do curso de Museologia – UFSC)

  • Os Espaços Museais e Direito a Formação de Novas Memórias Coletivas – Izabella Trindade Cavalcante (Graduanda em Museologia UFSC). Artigo

  • Roteiros históricos e reconstrução da memória da ditadura civil-militar em Florianópolis (1964-1985) – José Carlos Marujo (Licenciado e Bacharel em História pela UFSC), Lídia Mallet Gonçalves e Vitória Tiscoski Ramos (Graduandas da Licenciatura e Bacharelado em História da UFSC). Artigo

  • Uma leitura de Terra Sonâmbula de Mia Couto a partir da formação de memória no contexto de guerra – Gisele Krama (Doutoranda em Literatura pela UFSC). Artigo

  • Lembrar é preciso: a língua como espaço de recusa ao outro –Helena Bressan Carminati (Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Literatura da UFSC). Artigo

  • Florianópolis e a mais recente ditadura: Salim Miguel, Edla van Steen, Cristovão Tezza – Natan Schmitz Kremer (Licenciado e bacharelando do curso de graduação em Ciências Sociais da UFSC), Alexandre Fernandez Vaz (Professor do Programa de Pós-Graduação em Educação e do Doutorado Interdisciplinar em CiênciasHumanas da UFSC). Artigo

 

Sessão 4 (10h30 – 12h00): Mulheres e Crianças durante a ditadura civil-militar de 1964 – Auditório da Reitoria da UFSC

Coordenadora da sessão:

Luana Renostro Heinen (Professora do CCJ-UFSC)

  • Acabou o sol, as brincadeiras, comida pouca e ruim”: a experiência da infância e Direitos Humanos durante a ditadura brasileira – Amanda Vidal Silva (Professora de Educação Infantil da rede municipal de Balneário Camboriú), Cristiane Aparecida Fontana Grümm (Professora da educação básica, técnica e tecnológica do IFC – Doutoranda do Programa de História – UFSC). Artigo

  • Mulheres, militantes, mães: a produção de sentidos sobre “ser mãe” na ditadura militar brasileira – Ana Paula Alves Correa ( Doutoranda em Estudos Linguísticos pelo Programa de Pós-graduação em Letras da Universidade Federal de Santa Maria). Artigo

  • Memórias de luta: a retomada das violências de gênero vivenciadas por mulheres na ditadura civil-militar brasileira – Lara Lucena Zacchi (Mestranda do Programa de Pós Graduação em História da UDESC, integrante do Laboratório de Estudos de Gênero e História LEGH/UFSC e do Laboratório de Ensino de História LEH/ UDESC). Artigo

Dia 2 (26/09 quinta-feira)

Sessão 5 (10h00 – 12h00): Violência de estado contra índios e camponeses durante a ditadura – Auditório da Reitoria da UFSC

Coordenador da sessão:

Sandor Bringmann (Professor do CED-UFSC)

  • Rio Araguaia e Rio Tocantins: a ditadura militar no Bico do Papagaio –Adriano Castorino (Universidade Federal do Tocantins). Artigo

  • As violências de Estado durante a ditadura civil-militar e os povos indígenas do Tocantins – Marcelo Gonzalez Brasil Fagundes (Professor de História da Universidade Federal do Tocantins – UFT/Campus de Porto Nacional. Doutorando em História Cultural, pela UFSC). Artigo

  • A ditadura civil-militar e os trabalhadores rurais –Paola Masiero Pereira (professora PMF), Sandra Luciana Dalmagro (professora UFSC). Artigo

  • Violação de direitos humanos dos povos indígenas nos contextos de ditadura civil-militar na América Latina: reflexões acerca dos processos deimplantação de projetos hidrelétricos e barragens nos territórios tradicionais no Sul do Brasil – Elis do Nascimento Silva (Doutoranda no PPGAS, Pesquisadora do NEPI -UFSC). Artigo

  • A internacionalização das denúncias de violações de direitos humanos contra indígenas: como reagiu o regime militar? (1968-1971)  Felipe de Oliveira Uba (Mestrando do Programa de Pós-Graduação em História da UFSC). Artigo

 

Sessão 6 (8h00 – 9h30)Terra, trabalho e direitos humanos – Auditório da Reitoria da UFSC

Coordenador da sessão:

Paulo Pinheiro Machado (Professor de História – CFH-UFSC)

  • Migração forçada: a violência por meio da expropriação e acumulação capitalista –Célia Regina Vendramini (Professora PPGE/UFSC), Amália Catharina Santos Cruz (PPGE/UFSC), Eron Keoma Nascimento (SPO/UFSC), Giulia Valentina Giacomolli Gisler (SSO/UFSC), Larissa do Livramento Pereira (PPGE/UFSC). Artigo

Sessão 7 (9h30 – 12h00): Violência de estado contra os negros – Sala Goiabeira (Centro de Cultura e Eventos da UFSC)

Coordenador da sessão:

Waldomiro Lourenço da Silva Jr (Professor de História – CFH-UFSC)

  • Democracia Racial na Ditadura? Diálogos entre militares e Gilberto Freyre – Rachel Tomás dos Santos Abrão (Graduada em Ciências Sociais Bacharelado pela UFSC). Artigo

  • Memória ilegal: pedagogia da violência e a questão racial no Brasil – Ariadne Rinaldi da Rosa Saratt (Estudante do Curso de Serviço Social da UFSC). Artigo

  • Reconstrução da Memória: fragmentos da violência do estado, com reflexos na efetivação das delegacias de proteção da mulher em Santa Catarina –Celso Leal da Veiga Júnior (doutor em ciência jurídica. Coordenador do Curso de Direito, UNIVALI). Artigo

  • Racismo na ciência ocidental: Denúncias para a educação das relações étnico-raciais – Suellen Souza Fonseca (mestranda do curso em Educação Científica e Tecnológica da UFSC, integrante do Grupo de Estudos Étnico-Raciais DiCiTE). Artigo

  • Educação Escolar Quilombola: diálogos com a Psicologia Escolar Crítica –Juliana Matheus Silva (Estudante do curso de graduação em Psicologia pela UFSC), Thais Furtado (Graduada em Psicologia pela UFSC), Neiva de Assis (Professora do departamento de Psicologia da UFSC). Artigo

Sessão 8 (10h00 – 12h00): Violência de Gênero ontem e hoje – Sala Laranjeira (Centro de Cultura e Eventos da UFSC)

Coordenadora da sessão:

Riva Sobrado de Freitas (Professora Aposentada Direito UNESP e pós-doutoranda em Direito UFSC

  • Corpos democráticos? violências de gênero e políticas do estado pós-Constituinte – Jorge Luiz da Silva Alves (Mestrando em História Global pela UFSC), Sarah Pinho da Silva (Mestranda em História Social pela Universidade Federal do Ceará). Artigo

  • O trânsito pelo sistema de justiça, de transgêneros, e a efetivação de seus direitos humanos –Carolina Moreno Job (Graduanda em direito pela Anhanguera – São José/SC), Felipe Alberto Valenzuela Fuentes (Professor da Universidade Anhanguera e Professor permanente da Escola Superior da Advocacia da OAB). Artigo

  • Direitos humanos e violências linguísticas: em discussão, o “dialeto secreto” PAJUBÁ Melissa Probst (IFC), Caique Fernando da Silva Fistarol (FURB/SEMED), Lais Oliva Donida (UFSC), Luiz Herculano de Sousa Guilherme (IFSC), Marta Helena de Cúrio Caetano (FURB), Sandra Pottmeier (Professora UFSC). Artigo

  • Violência contra a mulher do campo: ausências, silêncio e patriarcado –Cristiane Floriano Rieg (graduada pela licenciatura em educação do campo – UFSC e Professora da Educação Básica), Carolina Orquiza Cherfem (Professora Curso de Licenciatura em Educação do Campo – UFSC). Artigo

  • A violação de direitos a partir da criminalização do aborto: uma revisão bibliográfica integrativa – Grazielly Alexandra Baggentoss (Professora CCJ-UFSC), Luciele Mariel Franco (Mestranda em direito pela UFSC). Artigo

 

Sessão 9 (9h30 – 12h00): O Judiciário e o encarceramento confrontados aos direitos humanos – Sala Pitangueira (Centro de Cultura e Eventos da UFSC)

Coordenadora da sessão:

Marília de Nardin Budó (Professora CCJ-UFSC)

  • O direito penal do inimigo na Lava Jato: a violência política do Judiciário contra Lula no caso Tríplex – Luana Renostro Heinen (Professora UFSC), Iara Maria Machado Lopes e Luísa Neis Ribeiro (Graduandas em Direito pela UFSC). Artigo

  • Sujeição criminal: estado como agente de subjetividade –Maiara Corrêa (Mestranda do Programa de pós-graduação em Sociologia e Ciência Política da UFSC). Artigo

  • Crianças Guarani em situação de abrigo no estado do Paraná: entre as famílias indígenas e o poder judiciário – Denize Refatti (PPGAS-UFSC). Artigo

  • A questão racial no contexto do encarceramento brasileiro – Rossaly Beatriz Chioquetta Lorenset (UNOESC e UFSC). Artigo

  • Encarceramento, direito à vida e à dignidade no Brasil – Apontamentos a partir de Angela Davis – Delza da Hora Souza(PIBIC/UFSC, graduanda em Ciências Sociais – UFSC), Alexandre Fernandez Vaz(Professor do PPGE e do PPGICH–UFSC). Artigo


 

Compartilhe